Fale conosco

(66) 3461-7900

Saúde


Maior consórcio público do país recebe R$ 4 milhões para vacina e Jaciara está entre os municípios que participam do Consórcio

Na última segunda-feira (29/03) foi votado o conselho diretor do consórcio. Jaciara participou da votação do Conselho e será um dos municípios contemplados através das conquistas do Consórcio.
Jaciara, 31 de março de 2021

Foto: ASCOM/2021

O Consórcio Nacional de Vacinas das Cidades Brasileiras (Conectar), liderado pela Frente Nacional de Prefeitos (FNP), inicia seus trabalhos com o compromisso de doação de R$ 4 milhões da Natura &Co América Latina, que reúne as marcas Avon, Natura, The Body Shop e Aesop. O anúncio foi feito nesta terça-feira, 30, durante a cerimônia virtual de posse da nova diretoria do consórcio. A doação poderá ser destinada à compra de vacina contra a covid-19 e insumos de saúde necessários ao enfrentamento da pandemia.

A cerimônia foi acompanhada por prefeitos e gestores dos municípios consorciados, entre eles, Jaciara-MTatravés da prefeita municipal Andréia Wagner,e contou com a participação especial do conselheiro presidente da Associação dos Membros dos Tribunais de Contas do Brasil (Atricon); e do conselheiro do Tribunal de Contas de Santa Catarina, José Nei Ascari. O presidente do Senado Federal, Rodrigo Pacheco, enviou mensagem, por meio de vídeo, de apoio ao consórcio.

Para a prefeita municipal de Jaciara, esse é um dos caminhos que garantem uma possibilidade de imunização para os cidadãos de Jaciara à medida que se alinham as conquistas para o Consórcio. "Seguimos vacinando a nossa população, contando com as frentes que garantem a imunização para os munícipes também através do CONECTAR, nossa saúde tem pressa", concluiu a chefe do executivo de Jaciara.

O presidente eleito do consórcio, Gean Loureiro, afirmou que assume a presidência da diretoria do Consórcio Conectar “esse é o maior desafio da minha vida pública, com início aos 18 anos. Estamos falando de um dos desejos mais antigo da política municipalista do nosso país. A formação de um consócio com essa envergadura era algo inimaginável. Mas, os desafios do momento crítico em decorrência da covid-19, permitiu uma atuação mais firme de todos os prefeitos nessa união de esforços”. Ela destacou que a expectativa vai além do consórcio de vacinas. “Estamos falando da possibilidade, também, de fazer a aquisição de insumos e medicamentos para o país, com preço mais acessível e com a condição muito melhor de entrega para os municípios”, destacou Gean.  

Em seguida ele agradeceu ao grupo Natura &Co pela confiança em ser o primeiro doador privado do consórcio de municípios. “Nos enche de orgulho ouvir da Natura que a meta da empresa é se preocupar não só com seus colaboradores, mas com todo o país, dando exemplo a outras empresas”. Gean agradeceu à vice-presidente executiva de Comunicação, Marketing, Relações Institucionais e Sustentabilidade do Santander, Patrícia Audi, presente na cerimônia. O banco também é um dos parceiros privados do consórcio. “Agradeço por acreditarem nesse trabalho para o nosso país”, finalizou.

A vice-presidente Jurídica e de Relações Institucionais para América Latina da Natura &Co, Ana Costa, parabenizou a FNP e o consórcio pela iniciativa de congregação. “O nome Conectar não podia ser mais próprio, onde vamos conectar e agregar esforços de forma apartidária e humanitária em prol de um bem muito maior. A iniciativa privada tem a missão e o dever de articular políticas públicas e atuar em conjunto com vários entes da federação. A doção de R$ 4 milhões será destinado à vacina e insumos hospitalares, além de estimular novos parceiros”, destacou Ana Costa.

Para o presidente de Natura &Co América Latina, João Paulo Ferreira, todos têm de contribuir para o enfrentamento da pandemia. “Nós, como grupo Natura &Co, assumimos desde o início dessa crise humanitária três compromissos: barrar o contágio, cuidar das pessoas e manter a economia circulando. A melhor forma de cumprir esses objetivos é contribuir para melhorar o atendimento de saúde para a população e acelerar o processo de vacinação”.

Ferreira ressalta ainda o posicionamento da companhia contra privilégios de grupos econômicos. “Não conseguiremos avançar, como nação, se pensarmos apenas em interesses individuais. Sem a universalização da vacinação, condições básicas de atendimento médico e segurança alimentar, ampliaremos o fosso social e as divisões que tornam o Brasil um país tão desigual e injusto. Por isso, nos mobilizamos para apoiar iniciativas que fortaleçam a saúde pública, em diálogo transparente com governos e instituições. Um desses exemplos é o Conectar, grupo criado pela FNP, para o qual doaremos R$ 4 milhões para a compra de insumos hospitalares e vacinas, tão logo estejam disponíveis para aquisição", afirma.

Diretoria empossada

A diretoria empossada foi eleita nesta segunda-feira, 29, por meio da votação de 682 eleitores que corresponderam a 2.970 votos, já que o peso de cada voto varia de acordo com o número de habitantes dos municípios. A direção será presidida pelo prefeito de Florianópolis/SC, Gean Loureiro; o 1º vice-presidente, Edmilson Rodrigues, prefeito de Belém; e a 1ª vice-presidente Cinthia Ribeiro, prefeita de Palmas. Ao todo, a diretoria é formada por 15 prefeitos. No conselho fiscal, outros seis prefeitos participam, três titulares e três suplentes, conforme previsto no estatuto.

Em tempo recorde o Conectar foi liderado pela Frente Nacional de Prefeitos (FNP) e instituído com a adesão de mais de 1,8 mil municípios, com Projetos de Lei aprovados em suas Câmaras Municipais. Também já conta com a manifestação de interesse de mais de 2,6 mil municípios, sendo 25 capitais. Todos esses resultados foram alcançados em curto espaço de tempo com o objetivo de unir esforços com a União e os estados visando atender mais rápido as necessidades da população.

Ações em andamento

Desde que foi instituído, no dia 22 de março, membros do Conectar já têm mantido agenda intensa de trabalho. O Consórcio se reuniu, nesta segunda-feira, 29, com o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga. No encontro, os prefeitos consorciados manifestaram a intenção de colaborar com o Programa Nacional de Imunização (PNI), coordenado pela pasta. “O Conectar aposta na solidariedade federativa, na cooperação entre União, Estados e municípios, para vacinar a população brasileira com a máxima urgência, respeitando-se as prioridades do PNI”, disse Gean Loureiro. O consórcio Conectar conta com a consultoria técnica da epidemiologista Carla Domingues, que esteve à frente do PNI por dez anos.

Também já há tratativas diplomáticas do consórcio com os EUA para sensibilizar o país norte-americano em relação ao cenário da pandemia da covid-19 no Brasil. Entre as propostas colocadas pelo consórcio à embaixada americana está a possibilidade de o país fazer um empréstimo ao Brasil de doses da vacina da AstraZeneca, que estão estocadas nos EUA. Assim como ajudar na intermediação com os laboratórios Pfizer, Moderna e Johnson & Johnson.

Já existem também tratativas com a OPAS/OMS para que interceda junto ao Covax Facility a ampliação da participação na aquisição de vacinas e antecipação das entregas. O governo brasileiro, quando aderiu ao Covax Facility, tinha opções de adquirir doses equivalentes a 40% da sua população, mas optou por apenas 10%.

Na quinta-feira, 2, ocorrerá a primeira reunião da diretoria empossada já para a provação de algumas resoluções, entre elas a de Compliance do consórcio, que trará as definições do portal de transparência, das ações que serão divulgadas e da contratação de uma auditoria independente para dar tranquilidade a quem dirige e, principalmente credibilidade ao consórcio. 

Publicado em 31/03/2021

Fonte: CONECTAR/ASCOM 2021


Últimas Notícias

2021 © Prefeitura Municipal de Jaciara - Mato Grosso - CEP: 78820-000