Prefeitura Municipal de Jaciara Coress e AL reivindicam descentralização de especialidades na área da Saúde para Região Sul - Prefeitura Municipal de Jaciara

Fale conosco

(66) 3461-7900

Saúde


Coress e AL reivindicam descentralização de especialidades na área da Saúde para Região Sul

Jaciara, 23 de dezembro de 2015

Foto: Luan Ayalla

As demandas da Região Sul de Mato Grosso foram apresentadas ao Secretário de Estado de Saúde Eduardo Bermudez, pelo presidente do Consórcio de Saúde da Região Sul (Coress) Ademir Gaspar de Lima, onde também participaram do encontro o presidente da Assembleia Legislativa (AL-MT) Guilherme Maluf e o deputado estadual Ondanir Bortolini, na sede da SES-MT.

De acordo com o prefeito de Jaciara e presidente do Coress, Ademir de Lima, as reivindicações ao Governo do Estado foram, o credenciamento de Rondonópolis para atender a área de cardiologia e ressonância, a realização de cirurgias eletivas e o transporte de UTI.

“Estamos tentando buscar soluções para os 19 municípios que integram o Coress. Descentralizando algumas especialidades nossos pacientes terão uma atenção melhor, principalmente no caso de cirurgias que enfermo tem que ser levado em UTI Móvel até Cuiabá, o que aumenta ainda mais o desgaste na sua saúde”, destaca Ademir.

O presidente do Coress ressaltou que apenas para o transporte de ambulância com UTI necessita de um convênio no valor de R$ 180 mil mês e destacou que o credenciamento da ressonância também é considerado como demanda emergencial para a região sul.

Segundo o presidente da AL, Guilherme Maluf, existe uma grande necessidade da realização do um Mutirão para reduzir a fila do Sistema Único de Saúde (SUS), para o qual o Estado se comprometeu em aportar R$ 20 milhões para dar agilidade nas cirurgias e demandas.

O secretário de Saúde confirmou que o Estado tem o interesse da descentralização da média e da alta complexidade.  “Rondonópolis e a região nos interessam plenamente em evoluir no tema na cardiologia e habilitação das equipes. Há o interesse, vamos conversar com o município de Cuiabá, porque as habilitações estão na cidade, e desenvolver a forma de desabilitar um serviço do município e habilitar outro em Rondonópolis”, garantiu. 

O deputado Ondanir (Nininho) lembrou que a região conta com mais de 500 mil habitantes, por isso a habilitação em cardiologia será importante para que as famílias não precisem mais se deslocar até Cuiabá em busca de cirurgia, e reduz a fila que ocorre hoje na região Sul. “Já tivemos em Brasília em uma audiência com o ministro, que foi agendada pelo senador Wellington Fagundes (PR) e contou com a participação da bancada federal. Lá, ficou decidido que o deputado federal Adilton Sachetti vai acompanhar o assunto junto ao Ministério da Saúde”.

Responsável por essa articulação junto ao Ministério de Saúde, o deputado federal lembrou que todos os requisitos foram ajustados para Rondonópolis receber a cardiologia. “Acredito que a dificuldade traz a oportunidade de novas práticas serem realizadas e termos avanços, este assunto está caminhando e acredito que teremos a habilitação de Rondonópolis para atender toda a região Sul”, argumentou.

Publicado em 23/12/2015

Fonte: Assessoria de Imprensa c/ AL-MT

Galeria de Fotos

Clique na Imagem para Ampliar!

Últimas Notícias

2020 © Portal Oficial da Prefeitura Municipal de Jaciara - Mato Grosso - CEP: 78820-000