Prefeitura Municipal de Jaciara Jaciara é referência no Estado em Prevenção de AVC - Prefeitura Municipal de Jaciara

Fale conosco

(66) 3461-7900

Saúde


Jaciara é referência no Estado em Prevenção de AVC

Jaciara, 12 de fevereiro de 2014

Foto: Divulgação / Reprodução

O município de Jaciara, distante 144 km de Cuiabá, é destaque em saúde pública por ser a única cidade do interior do estado de Mato Grosso a realizar um programa metodológico de excelência em prevenção de acidente vascular encefálico isquêmico cardioembólico, um dos principais subtipos de “AVC”.

De acordo com o médico cardiologista e coordenador do projeto em Jaciara, o Dr. Haitham Ahmad, o programa se baseia na prevenção da formação de coágulos de sangue dentro do coração, provocada principalmente por um tipo de arritmia cardíaca muito comum, chamada Fibrilação Atrial (FA). “Caso um destes coágulos se desloquem do coração, eles podem obstruir o fluxo de sangue para órgãos importantes do indivíduo, principalmente segmentos do cérebro. Conforme estudos, uma a cada 20 pessoas com esta arritmia terá AVC dentro de um ano se não tratada preventivamente”, explica.

Além do elevado índice de mortalidade, o AVC acarreta através de suas sequelas, transtornos psicossociais importantes, além de elevado custo para saúde pública. Após sofrer um AVC cerca de 70% dos pacientes tornam-se desempregados ou aposentam-se precocemente. Muitos exigirão cuidados especiais, mecanismos de mobilidade adequada, acesso a múltiplos profissionais como fisioterapeutas, fonoaudiólogos, psicólogos e neurologistas.

Tendo em vista reduzir a mobilidade e gastos públicos com a doença, o departamento de cardiologia do Hospital Geral Universitário de Cuiabá implantou um programa, no qual através da Portaria 172 da Secretaria Estadual de Saúde, vem sendo disponibilizado anticoagulantes modernos e seguros, como o Etexilato de Dabigatrana para todos os pacientes que preencham os critérios de uso deste fármaco de alto custo.  “O estado tem entendido o propósito do programa, bem como seu custo-benefício e não tem dificultado a liberação deste medicamento que possui uma das maiores taxas de prevenção de eventos dentro da medicina. A redução do tromboembolismo sistêmico pode chegam a 80%, segundo os mais criteriosos estudos”, diz o médico eletrofisiologista idealizador do projeto, Ronaldo Peixoto de Mello.

Integrante da equipe que implementou o programa, na época como residente de cardiologia, Haitham Ahmad, diz que logo entusiasmou-se com a projeto , pois a possibilidade de oferecer medicamentos modernos e eficazes associado ao monitoramento próximo e contínuo de pacientes carentes em sua maioria é digna de política pública de primeiro mundo. Quando decidiu retornar à sua terra natal, trouxe consigo uma extensão do projeto que vem beneficiando há cerca de dois anos, mais de 100 pacientes com a doença em todo o Vale do São Lourenço. “Estou muito contente com os resultados. È muito gratificante. Não posso deixar de agradecer a enfermeira Thais Lázaro Cangani, que me ajuda no aspecto burocrático e a Secretaria Municipal de Saúde, através do titular da pasta Edinaldo de Souza, que cede o espaço físico no Centro Integrado de Atenção de Assistência a Saúde (CIAAS), anexo ao Hospital Municipal de Jaciara, para fazer o cadastramento dos pacientes. Espero que outros projetos como este se desenvolvam e que mais pessoas do nosso estado possam desfrutá-los”, finaliza Haitham.   

Publicado em 12/02/2014

Fonte: Márcio Fidelis/Ascom Jaciara


Últimas Notícias

2020 © Portal Oficial da Prefeitura Municipal de Jaciara - Mato Grosso - CEP: 78820-000