Fale conosco

(66) 3461-7900

Ouvidoria Municipal

(66) 3461-7900


Gabinete e Governo


INCLUSÃO SOCIAL
Prefeita assina termo de adesão para implantação do Escritório Social

O município é o terceiro, entre as 141 cidades mato-grossenses, a aderir o projeto em apoio às pessoas que estão saindo do sistema prisional.

A Prefeita Andréia Wagner (PSB), assinou nesta segunda-feira (16), no Fórum de Jaciara, o termo de adesão que possibilita a implantação do Escritório Social, em Jaciara. O município é o terceiro em todo o estado, entre as 141 cidades, a promover a ação que dá apoio as pessoas que estão saindo do sistema prisional e, oferecerá serviço de assistência à saúde, psicossocial, qualificação, amparo às famílias do ex-detento, capacitação e encaminhamento ao mercado de trabalho.

Na reunião, que contou com a presença do desembargador e supervisor do Grupo de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário e Socioeducativo de Mato Grosso (GMF), Orlando de Almeida Perri, a gestora fez o compromisso de auxiliar no processo e ainda adiantou que o próximo curso a ser promovido pela Secretaria de Assistência Social, já oferecerá vagas disponíveis para que os egressos possam participar do curso de pedreiro e pintor. Os egressos serão avaliados pela Cadeia Pública.

“Vamos oferecer os cursos e já queremos inserir esses egressos. É um projeto para curto prazo que em breve será executado. Essa é uma forma de dar uma nova oportunidade àqueles que pretendem começar do zero, desejam trabalhar e cuidar da família. Então, seremos os primeiros a dar essa chance e mostrar que e possível devolver a dignidade e dar a oportunidade de quem errou um dia, a ter uma vida diferente e isso faz parte da nossa gestão humanizada”, destacou Andréia Wagner.

A iniciativa foi comemorada pelo magistrado, que destacou a atuação da Prefeitura de Jaciara e ofereceu apoio do Tribunal de Justiça de Mato Grosso.

“A prefeita Andréia e toda a sua equipe estão de parabéns, por já chegar à reunião com soluções. Com ideias. Isso mostra o comprometimento e a seriedade do Executivo Municipal. “Estamos à disposição de todos aqueles que desejarem implantar os Escritórios Sociais em seus municípios para fazermos agenda para visitação. Temos várias experiências em Mato Grosso, não somente com prefeituras, mas com empresários. “Posso afiançar que os egressos do sistema penitenciário são dedicados”, completou ao se referir à reinserção no mercado de trabalho.

Também presente no encontro, o coordenador do GMF, juiz Geraldo Fidéllis, destacou, que a interiorização dos Escritórios Sociais vai levar inclusão social e criação da rede de apoio e serviços aos egressos do sistema prisional.

“Ação social, acolhimento, a parceria entre o Judiciário e os Executivos municipais são fundamentais para o desenvolvimento de ações sociais em conjunto. Acabou-se o tempo que essas iniciativas ficavam somente em Cuiabá ou Várzea Grande. Precisamos de Escritórios Sociais nas fronteiras de Mato Grosso e em todo o Estado. É importante fazermos o enfrentamento inteligente da violência para evitar a reentrada no sistema penitenciário e isso se dá sem dúvida com as pessoas que saem do sistema antes de serem abraçadas pelo mundo crime.”

O diretor da Cadeia Pública de Jaciara, Ricardo Simplício, reiterou o apoio ao município e falou da expansão dos Escritórios Sociais em Mato Grosso. “Essa é uma iniciativa ímpar em Mato Grosso, especialmente em Jaciara. Quero parabenizar os órgãos e entidades envolvidas, principalmente o Executivo Municipal que proporcionou a implantação do Escritorio Social. Já temos outras parcerias co a Prefeitura e, sem dúvida, esse apoio vai refletir lá na ponta, no resgate da dignidade humana", considerou Simplício.

Já o Juiz responsável pela Vara Criminal de Jaciara, Edinei Ferreira dos Santos ressaltou que, essa metodologia de trabalho com a pessoa egressa, viabiliza não só a reintegração social, mas combate à reincidência social que assola em altos índices o Brasil. “É de suma importância estarmos voltados para essa questão, principalmente aliando Executivo e Judiciário para que tudo isso aconteça o mais rápido possível de forma efetiva. Estamos aqui para promover iniciativas e apoiá-las.”

Já o diretor da Comarca de Jaciara, o juiz Pedro Flory Diniz Nogueira, destacou o trabalho feito pelo GMF, além de observar o trabalho que o Tribunal de Justiça vem realizando. “A coordenação e a cooperação entre os três níveis da federação brasileira é muito importante, pois não sobrecarrega ninguém e isso o GMF vem realizando muito bem e, o Fórum (Jaciara) também é parceiro”, pontuou o magistrado.

Parcerias – Participaram também do debate, representantes da sociedade civil, Câmara Municipal policiais penais, igrejas, clubes de serviço, entidades sem fins lucrativos, associações de bairro e de moradores, CDL, Lojas maçônicas, comerciários, Centros de Tradição, grupos culturais, familiares de pessoas privadas de liberdade e egressos.

Publicado em 17/05/2022

Fonte: Joelma Pontes/Ascom



Últimas Notícias

2022 © Prefeitura Municipal de Jaciara - Mato Grosso - CEP: 78820-000